Tranças enraizadas

Trançar o cabelo é uma forma de sair do habitual e enfeitar-se. Existem tranças simples e penteados trançados mais aprimorados.


Minhas últimas tranças, com cabelo sintético loiro



Eu sou apaixonada por tranças e acredito que aprendi sozinha, quando trançava minhas Barbies. Me lembro de uma Barbie que tive, a Rapunzel, esta tinha o cabelo até os pés! Era uma delícia. Ali aprendia a fazer a trança embutida (ou trança francesa). Nos meus cabelo costumava fazer tranças soltas e como as pontas era encaracoladas e porosas (por conta de diversas químicas e pouca hidratação), não precisava nem mesmo prender.



Bom, apesar de gostar muito, nunca aprendi a fazer as tranças pregadas na cabeça, conhecidas como nago (ou nagô). Mas com paciência, buscas na internet e treinos, consegui fazer alguma coisinha. Fiz no cabelo de minha cunhadinha:


Maria Luiza, com trança tiarinha presa com piranhinhas (ou agarras) para não soltar
Este vídeo é bem bacana, trança alimentada pelos dois lados:
http://www.youtube.com/watch?v=ZbupGVjj6TY&feature=related


Alimentada por um lado apenas (só faço assim):


E neste site, tem vários modelos de tranças:



Bom divertimento!!!

2 comentários:

  1. ai que lindo!
    eu sei fazer trança, mas nada fora do comum.
    em mim mesma eu não sei.
    tenho uma amiga que sabe fazer nela mesma é tão bonitinho...
    =)

    ResponderExcluir
  2. quanto vc cobra cada uma delas ???/

    ResponderExcluir

Todo conteúdo deste site é livre